27/08/2020

App gratuito ajuda educadores a trabalhar com o audiovisual

Os últimos meses têm mostrado quão desafiador e moroso pode ser encontrar conteúdos qualificados na internet e aprimorar habilidades para o ensino remoto. Para ajudar nesta questão, foi lançado o aplicativo gratuito Caixa de Inspirações, que auxilia os profissionais da Educação Básica a transformar a tecnologia audiovisual em uma aliada da aprendizagem.

A ferramenta é uma iniciativa do Programa de apoio em Educação Audiovisual, idealizado pela Semente Cinematográfica em parceria com o Núcleo de Educação Transformadora da Paraíba e a Rede Kino – Rede Latino-americana de Educação, Cinema e Audiovisual.

Uma das escolas que serviu como “laboratório experimental” para sua criação foi a Escola Nossa Senhora do Carmo, localizada no município de Bananeiras (PB), e integrante do Movimento de Inovação na Educação. “Fomos uma das três escolas selecionadas pelo Semente Cinematográfica para o projeto Cartografia de Imagens, que acompanhou nossa equipe, ao longo de um ano, com um trabalho sobre cinema. Por meio dessa parceria, os estudantes realizaram oficinas de audiovisual que culminaram na produção de filmes-cartas e de um livro”, conta a diretora Leila Coelho.

audiovisual

Como funciona

Para acessar o app, basta preencher os dados solicitados no site, abrir a Caixa de Inspiração e clicar na opção de adicionar à tela inicial do seu celular. Uma vez baixada, a ferramenta permite consultar sempre que quiser os conteúdos produzidos pela equipe ou disponíveis gratuitamente na internet e validados pelos especialistas.

Neste momento de ensino remoto, a ferramenta tem se mostrado de grande valia. “Agora, que estamos a distância, usamos estes dispositivos frequentemente. Eles têm sido úteis para trabalhar aspectos como as narrativas orais, pesquisas, entrevistas, documentários”, conta Leila.

Veja um dos vídeos produzidos pela escola

Neste filme-carta, os educadores da Escola Nossa Senhora do Carmo escrevem para a instituição sobre os sonhos para o futuro, bem como sobre os árduos percursos trilhados até ali. A escola, que trabalha por meio da pedagogia de projetos, traz práticas educativas que rompem com a seriação, aulas expositivas e currículo previamente construído.