15/07/2019

MEC quer destacar boas práticas de professores da escola pública

O Ministério da Educação (MEC) quer destacar boas práticas de professores da escola pública para que possam inspirar demais docentes do país. Para selecionar os melhores professores das redes, o MEC deverá usar indicadores de avaliações de larga escala como o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Serão considerados como referência os docentes que, entre outros critérios, conseguiram melhorar o desempenho dos seus estudantes.

Segundo a secretaria de Educação Básica do MEC, a ação faz parte de um pacote de estratégias que estão sendo pensadas para tornar a carreira docente mais atraente e valorizada. O projeto em questão deverá ser apresentado ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, até o fim de 2019.

Atratividade e formação de professores

Outra ação prevista para a formação docente é a oferta de bolsas de estudos para futuros professores – proposta que deve ser apresentada até o começo do ano que vem.

O MEC deve ainda concluir até novembro deste ano a revisão do texto da Base Nacional Comum da Formação de Professores da Educação Básica, elaborado na gestão do então presidente Michel Temer e “pedido de volta” pela pasta em fevereiro deste ano para “ter ciência e participar ativamente do processo de formulação”.

O documento orientará a formação de professores em licenciaturas e cursos de pedagogia em todas as instituições públicas e particulares de ensino do país. O texto apresentado no ano passado estabelece, entre outras questões, que a formação do professor seja mais voltada para a prática e orientada por competências.

*Com informações da Agência Brasil