26/10/2020

Ocupar escolas, proteger pessoas, recriar a educação

Elaborado coletivamente por pesquisadores, representantes de entidades científicas da saúde e da educação, sob a coordenação da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO), o manifesto “Ocupar escolas, proteger pessoas, recriar a educação” mobiliza esforços de resistência e luta pela superação de atitudes negacionistas em relação ao conhecimento científico, expõe os desafios da educação durante o coronavírus, e desenha alguns caminhos possíveis: fazer da pandemia uma oportunidade de fortalecer os laços com as comunidades escolares; reabrir e ocupar os espaços institucionais da educação;  recriar  a educação “como construção de valores e a escola como espaço de criatividade e compartilhamento, de formação cidadã, de uma visão crítica da sociedade, de promoção de uma cultura de paz, solidariedade e colaboração”. 

DONWLOAD Fazer download do material