Educação escolar indígena como inovação educacional: a escola e as aspirações de futuro das comunidades

O objeto da tese Educação escolar indígena como inovação educacional: a escola e as aspirações de futuro das comunidades são os aspectos que distinguem a educação escolar indígena da educação escolar convencional.

O estudo dirige-se a processos educacionais que possam ser classificados como inovadores, ou seja, tentativas de alteração de práticas educacionais consideradas costumeiras.

O objetivo principal foi definir a educação escolar indígena a partir da relação que esta estabelece com as aspirações de futuro das comunidades. Para tanto foi examinada a hipótese de que experiências recentes de escolarização indígena vêm buscando compatibilizar objetivos escolares com objetivos comunitários. Esta hipótese foi confirmada no estudo de caso da Escola Indígena Khumuno Wuu, que fica em território do povo Kotiria (Wanano), na Comunidade Caruru Cachoeira, alto rio Uaupés, no município de São Gabriel da Cachoeira, AM, Amazônia brasileira.

Assim, a autora Aline Cristina de Oliveira Abbonizio conclui que, ao refletirem sobre o que querem da sua escola, os Kotiria elaboram e executam seus planos para o contexto atual e para as novas gerações, o que faz da escola espaço principal de reunião comunitária, debate e intervenção sobre as condições de vida atuais e futuras

DONWLOAD Fazer download do material