Educação de Alma Brasileira

Como seria a Educação Brasileira se fosse pensada a partir de nosso povo, nossa cultura e nossa história? Qual é a Educação de Alma Brasileira? São essas as duas questões que instigaram nove especialistas referências em Educação a construir esse projeto, publicado pela Fundação SM.

Os autores Bruno Bissoli,  Caio Dib,  Mariana Vilella, Renata Ferraz e Vanessa Pinheiro buscaram reconhecer algumas de nossas principais características, experiências e educadores que marcaram a educação para poder construir nosso futuro. “O livro Educação de Alma Brasileira inicia um diálogo sobre como seria uma educação pensada a partir de nosso povo, nossa cultura e nossa história”, dizem.

A coordenação do estudo é de Antonio Sagrado Lovato e Tathyana Gouvêa.

Alma brasileira

“A Educação de Alma Brasileira está em constante construção nas práticas espontâneas, criativas e até mesmo de resistência dos educadores que buscam respeito e valorização da diversidade em um país marcado por conflitos e contradições.”

É o que definiram os autores sobre o que seria a “alma brasileira”. “O termo “alma” foi bastante debatido entre o grupo. Não há intenção religiosa em seu emprego, tampouco vontade de renegar nossa corporeidade ou
nossas relações mais mundanas e territoriais. Assim, o termo foi empregado em sentido poético sobre algo sobre o nosso jeito de fazer e ser, da nossa expressão como povo”, explicam os autores.

Dessa forma, os autores detalham mais de 20 experiências de escolas e políticas públicas históricas e atuais. Além disso, o livro traz também diversos educadores que contribuíram, retratando o lado luminoso de um país contraditório.

DONWLOAD Fazer download do material